Assunto inválido
Mensagem inválida
Nome inválido
E-mail inválido
Necessário aceitar termos de utilização de dados

Asseco PST desenvolve com sucesso em Blockchain

A Asseco PST terminou com êxito a sua primeira prova de conceito em Blockchain. Tendo as empresas de ADN tecnológico o desafio de estar na linha da frente da transformação digital, este desenvolvimento em Blockchain Corda ilustra o nosso comprometimento em figurar na vanguarda da evolução tecnológica, alinhados com a evolução do setor bancário.

Mais do que um conceito para o futuro, a transformação digital é já um assunto da ordem do dia, incontornável para as entidades que se pretendam manter competitivas nos mercados onde atuam. É inquestionável que vivenciamos atualmente uma mudança radical no paradigma das organizações, a partir da qual a tecnologia ganha um papel estratégico central no desenvolvimento de um negócio.

É neste contexto que a Blockchain surge como uma tecnologia verdadeiramente revolucionária e com um papel cada vez mais importante no sistema financeiro. Importa salientar que a Blockchain vai muito além de bitcoins e criptomoedas, residindo a sua principal vantagem no fortalecimento da relação de confiança com o cliente.

Do ponto de vista da Asseco PST, um dos maiores desafios é a confiança na origem dos serviços e produtos, pelo que assegurar a sua credibilidade é um processo imprescindível. Esta credibilidade é garantida, acima de tudo, pela transparência, sendo esta um dos principais pilares da Blockchain.

Foi nesta lógica que a Asseco PST investiu, no âmbito da sua atividade, na sua primeira prova de conceito em Blockchain onde, em laboratório, foi integrado o Core Bancário BANKA 3G com a plataforma tecnológica Blockchain Corda tendo esta sido subsequentemente utilizada para a execução de transferências interbancárias.

A Blockchain Corda é um projeto da empresa tecnológica R3 que já conta no seu ecossistema com mais de 200 membros de diversos setores de atividade e países. É o caso, por exemplo, de gigantes como a Microsoft, Intel, Huawei, LG, NEC ou Metlife, bem como de grandes instituições financeiras como a UBS, J.P. Morgan, Goldman Sachs, Barclays, BBVA, Credit Suisse e Royal Bank of Scotland, entre outras.

Com uma arquitetura diferente das Blockchains tradicionais, e desenvolvida de origem para o mercado financeiro (embora tenha ganho, com o tempo, uma abrangência maior), a solução Corda oferece standards que a tornam única ao nível da escala (podendo suportar biliões de transações todos os dias), longevidade (permitindo a coexistência de várias versões do software em execução na mesma rede lado a lado), segurança, estabilidade e interoperabilidade. Isto enquanto procura assegurar um nível máximo de privacidade, ao mesmo tempo que se enviam e recebem ativos digitais e dados de uma forma eficiente e segura.

Com a materialização desta prova de conceito, a Asseco PST mantém-se focada em auxiliar já hoje os seus clientes na preparação dos processos que terão um impacto no futuro, com uma abordagem que não se esgota numa mera tática de curto prazo, mas, sim, como uma estratégia a longo prazo. Tanto mais que mudar a cultura de uma organização é – provavelmente – a tarefa mais difícil no processo de transformação digital, razão pela qual a mesma deve ser realizada de forma dinâmica e evolutiva.